Conheça melhor os seus gastos

ilustração Conheça melhor os seus gastos

Gastos Fixos: são aqueles como o aluguel, as prestações da casa e do carro, a escola dos filhos. Eles "engolem" o seu salário, ou seja, é aquela velha história de que no final do mês o seu dinheiro acabou e você nem viu para onde foi!

Esses tipos de gastos são muito perigosos quando há uma redução das receitas, ocasionada, por exemplo, pelo desemprego. As despesas vão continuar existindo, mas não haverá "caixa" para supri-las.

Gastos Variáveis: são os gastos mensais passíveis de redução, como, por exemplo, a água, o gás, a luz e o telefone. Muita gente pensa que o esforço em economizar com estes gastos não compensa, mas com um pouco de dedicação você pode salvar o seu suado dinheiro de "ir pelo ralo", e fazê-lo render em aplicações financeiras.

Gastos Supérfluos: essas são as primeiras despesas a serem cortadas em caso de dificuldade financeira porque são mais fáceis - ou menos difíceis - de se evitar. São as compras por impulso, aqueles passeios no final de semana ou a assinatura de TV a cabo, por exemplo. São as despesas que, se reduzidas, podem ser revertidas a seu favor em forma de investimento! Para evitá-los, o conselho é: reflita se você QUER ou se você PRECISA gastar!

ANALISE SEU ORÇAMENTO
Se você determinar o peso que uma despesa em particular representa no seu orçamento (ex: gastos com alimentação / valor total dos gastos) e multiplicá-lo pela quantidade de dias úteis que um ano possui (252), irá saber quantos dias de trabalho está se dedicando a pagar somente aquele determinado valor. Você pode se surpreender com o resultado!
DICA
Você deve saber qual é o valor total dos seus gastos fixos e variáveis, e guardar, para casos de emergência - como desemprego ou problemas e saúde - aproximadamente seis vezes esse valor!
SITE FINAMAX  glifo