O dinheiro e seus filhos

ilustração Dinheiro e Filhos

Para se tornar um adulto responsável financeiramente, toda criança deve aprender desde cedo que não pode ter tudo o que quer. Ensiná-las a lidar com os prazeres e as frustrações da vida é tarefa dos pais. Veja alguns conselhos sobre como desempenhar este papel tão importante:

» Prefira presentear seus filhos em ocasiões especiais. Ao estabelecer datas para a entrega dos presentes, como aniversário e Natal, você incentiva o seu filho a sonhar e a fazer planos para o futuro!

» Não ceda às birras! As crianças que têm todos os desejos atendidos prontamente não aprendem a ter limites! Aprenda a dizer: "agora não posso, não tenho dinheiro".

» Seu filho tem que saber que dinheiro não substitui o amor, companhia ou felicidade. Substituir o afeto dos pais por presentes pode tornar seus filhos consumistas no futuro, já que irão comprar para satisfazer suas necessidades emocionais.

Qual a idade certa?
2 a 3 anos
Aproveite as compras para mostrar ao seu filho o que é caro e o que é barato.
3 a 4 anos
Ensine ao seu filho que as compras são feitas por necessidades, e não por desejos.
4 a 6 anos
Apresente ao seu filho as moedas e as notas, e ensine o a usá-las. É uma boa hora para presenteá-lo com um cofrinho.
Mais de 7 anos
Considere dar uma mesada para o seu filho. Deixe-o palpitar no corte de gastos e nas compras da família.
DICA
Existe uma grande diferença entre ser um consumidor e ser um consumista. Consumidor: "Sou alguém independente do que tenho." Consumista: "Eu preciso ter para ser alguém."
SITE FINAMAX  glifo