Pular para o conteúdo

Técnica Woop: entenda a estratégia para atingir os seus objetivos 

    Técnica WOOP: um tema recorrente, no começo de cada ano, é a dificuldade de concretizar as resoluções que são feitas no Réveillon. Seja buscando uma rotina mais saudável ou viajar para o lugar dos sonhos, todos querem algo melhor. Mas muitas metas serão abandonadas poucas semanas após os fogos de artifício da virada. Por isso, é preciso buscar táticas para que as resoluções não virem apenas boas intenções. Uma das táticas, que se mostra bastante eficaz ao ajudar pessoas de diferentes idades a cumprir novos objetivos, é a técnica WOOP.

    Quer ver conteúdos em vídeos? Conheça o nosso canal no Youtube

    O que é a técnica WOOP?

    A Técnica WOOP é uma estratégia mental que organiza as metas almejadas e que tipo de esforço será necessário para atingir cada uma delas. WOOP é uma sigla em inglês para Wish, Outcome, Obstacle e Plan, cada uma de suas etapas. Consiste, basicamente, em listar cada um desses passos de maneira realista, traçando um plano para que o objetivo seja alcançado, mesmo com as dificuldades que aparecerão.

    Como praticar a estratégia WOOP?

    Há pesquisas acadêmicas mostrando como a técnica WOOP contribui para adultos perderem peso e ajudou crianças e adolescentes a aumentarem a frequência escolar. E como organizar um WOOP para o meu plano? A seguir, entenda cada etapa, usando como exemplo a meta de iniciar o hábito de investir mais.

    1 – Desejo (Wish): o que você está buscando?

    Na hora de traçar um objetivo, é importante ser razoável, e estabelecer algo nem muito fácil e nem impossível. Esta etapa é a mais importante, e por isso, pense bem! O Desejo deve ser algo que você realmente quer, com um nível desafiador de dificuldade. Além disso, seja específico. “Comer melhor”, por exemplo, não é um desejo muito claro, pode significar várias coisas. “Comer frituras apenas uma vez por semana” funciona muito melhor.

    Desejo: vou investir R$ 250 por mês na Letra de Câmbio (LC) Finamax.

    2 – Resultado (Outcome): uma vez atingido o seu objetivo, qual é o resultado esperado?

    O que vai acontecer no cenário mais otimista? Se o Desejo tem que ser bem definido, o Resultado também. Visualize como você deverá se sentir quando chegar no resultado desejado.

    Resultado: montar uma reserva de emergência com valor equivalente a dois meses de salário. Irei me sentir mais tranquilo, sabendo que há um valor que minha família e eu poderemos contar. Também poderei me preparar para objetivos financeiros maiores.

    3 – Obstáculo (Obstacle): quais serão seus maiores obstáculos para chegar no Resultado?

    Pode haver alguns fatores externos, mas considere aquilo que está diretamente ligado a você. Ou seja, internamente, o que pode te prejudicar? Pode ser algo que já o atrapalhou em outras ocasiões, como um mau hábito ou uma emoção. Pense em vários pontos e os determine exatamente.

    Obstáculo 1: gastar com presentes para o filho em datas comemorativas.

    Obstáculo 2: não sobrar R$ 250 no fim do mês.

    Obstáculo 3: “esquecer” ou deixar para fazer aplicação “mais tarde”.

    4 – Plano (Plan): qual será o seu plano para superar cada Obstáculo?

    Para chegar a esta resposta, crie frases utilizando a estrutura “Se/Quando… (obstáculo), então vou… (ação/pensamento)”. Identifique o que você vai fazer para ultrapassar cada Obstáculo e cumprir o seu Desejo, para assim chegar no Resultado. Desta forma, você já estará se preparando com antecedência para as diversas situações que poderá encontrar ao longo do percurso.

    Plano 1: explicarei que algumas lembrancinhas, passeios e experiências diferentes podem trazer tanta ou mais satisfação do que presentes. Se meus filhos cobrarem muitos presentes, então vou conversar com eles e explicar a necessidade de investir.

    Plano 2:  em vez de deixar para o fim do mês, vou investir na LC Finamax até o dia 10.

    Plano 3: para não ter que tomar a decisão todo mês, já irei deixar os boletos da LC Finamax com pagamento agendado na internet banking.

    A importância dos objetivos e metas

    Definir uma meta ou um objetivo na sua vida, seja algo pessoal ou profissional, é uma excelente forma de se motivar. Essas práticas possuem capacidade de evoluir as ações de uma pessoa, já que ela se sentirá mais empenhada em ver o que determinou sendo realizado e concluído. Mas você sabe a diferença entre meta e objetivo? O objetivo é o propósito de realizar algo, enquanto a meta são as tarefas que precisará fazer para alcançar.

    Ou seja, ambos fazem parte do seu processo para conseguir concluir algo que almeja. Portanto, primeiro identifique o seu objetivo, o que deseja, depois defina as suas metas. Compreendendo essas ações, será mais fácil para você elaborar a sua tática e colocá-la em prática. Esteja comprometido com o plano que traçou, assim você evitará distrações no meio do caminho.

    Por fim, a técnica WOOP é uma estratégia que pode ser utilizada em diferentes domínios, de metas mais simples (ler 10 livros durante o ano) até aquelas mais ambiciosas (aprender um novo idioma). Trata-se de uma boa tentativa para começar 2022 com mais esperança de que você concretizará os seus planos. E agora que você já sabe por onde começar, que tal já iniciar os seus objetivos para o ano que vem?

    Leia também:

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.